Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Ronaldo: mais uma noite de recordes que impressiona até quem o critica

Logótipo de O Jogo O Jogo 02/05/2017 Alcides Freire
© Fornecido por O jogo

Internacional português continua a colecionar marcas impressionantes

O hat-trick de Cristiano Ronaldo frente ao Atlético de Madrid, esta terça-feira, tem ainda mais significado do que a passagem quase que garantida para a final da Liga dos Campeões. Com os três golos, Ronaldo chegou aos 12 em meias-finais da Liga milionária e tornou-se no máximo goleador desta fase da competição, ultrapassando Di Stefano.

Para além de ter ultrapassado o histórico jogador do Real Madrid, Ronaldo tornou-se no quarto jogador a conseguir completar um hat-trick em toda a história das meias-finais da Champions, depois de Del Piero (1998), Olic (2010) e Lewandowski (2013).

Mais: Cristiano Ronaldo é o primeiro jogador em toda a história da Liga dos Campeões a assinar dois hat-tricks em dois jogos consecutivos: na segunda mão dos quartos de final, frente ao Bayern Munique, e agora frente ao Atlético, na primeira mão das meias finais.

Pensa que já terminou? Engana-se. Nunca nenhum jogador tinha conseguido marcar mais de 10 golos em seis temporadas consecutivas na Liga dos Campeões.

Para além de todos os dados que já foram assinalados, convém recordar que Ronaldo continua a ser o jogador com mais golos de cabeça em toda a história da Liga dos Campeões (18) e é o atleta com mais golos em fases a eliminar da Liga dos Campeões (50, contra 37 de Messi).

Para terminar, é melhor estar preparado pois vai arrepiar-se: sozinho, Cristiano Ronaldo tem mais golos do que o Atlético de Madrid em toda a história da Liga dos Campeões (103 contra 101).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon