Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Ronaldo não vai pagar ao fisco antes de ser ouvido em tribunal

Logótipo de O Jogo O Jogo 22/06/2017 Hugo M. Monteiro

A Cadena COPE adiantou na quarta-feira que o CR7 estava a equacional pagar os 14,7 milhões de euros reclamados pelo fisco espanhol.

Cristiano Ronaldo não vai pagar os 14,7 milhões de euros reclamados pelo fisco espanhol antes de ser ouvido em tribunal, disseram esta quinta-feira à agência EFE fontes da Gestifute.

© REUTERS/Darren Staples

De acordo com a mesma fonte da empresa que agencia o avançado do Real Madrid, Ronaldo mantém a postura perante a acusação, contrariando notícias que davam conta da intenção do capitão saldar a alegada dívida fiscal, denunciada pelo Ministério Público de Espanha.

A 13 de junho, o Ministério Público acusou o futebolista português de ter, de forma "consciente", criado uma sociedade para defraudar o fisco espanhol em 14,7 milhões de euros. Em causa estão valores de 1,39 milhões em 2011, mais 1,66 milhões em 2012, a que se juntam 3,2 milhões em 2013 e 8,5 milhões em 2014.

Na terça-feira, o tribunal de instrução de Alarcón, em Madrid, convocou Cristiano Ronaldo para depor a 31 de julho, no âmbito da acusação do Ministério Público.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon