Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Ronaldo ultrapassa Messi e até o argentino considera "justo"

Logótipo de O Jogo O Jogo 25/08/2017 Hugo Monteiro

Recebe prémio de Jogador do Ano pela terceira vez e ainda o de melhor avançado da última Champions.

Cristiano Ronaldo recebeu, sem qualquer surpresa, o prémio da UEFA para o Jogador do Ano na Europa, referente à temporada 2016/17, depois de ter ganho a Champions e sido o melhor marcador da prova. O capitão da Seleção já tinha sido distinguido em 2014 e 2016, passando agora a somar mais um destes troféus do que Messi, vencedor em 2011 e 2015. Na eleição em que participaram 80 treinadores que estiveram nas fases de grupo da Champions e Liga Europa e ainda 55 jornalistas representativos dos países filiados na UEFA, o CR7 arrasou recebendo um total de 482 pontos, contra 141 de Messi e 109 de Buffon, os outros finalistas.

© Sebastien Nogier/EPA

Ronaldo passa agora a somar nove dos mais prestigiados prémios para melhor do mundo, ultrapassando também aí Messi, que soma oito desses troféus e considerou "justo" o triunfo do rival. A vantagem do CR7 será em breve ainda maior, porque em outubro deverá receber o FIFA The Best e mais perto do final do ano a Bola de Ouro da France Football.

No palco onde foi consagrado o melhor do ano, Cristiano revelou que a sua ambição para esta época é "a mesma" e sublinhou: "Para mim, há sempre motivação para estar num clube como o Real Madrid, jogar futebol, ganhar troféus individuais e coletivos. Agradeço aos meus colegas e dou-lhes também os parabéns. Sinto-me abençoado."

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon