Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Rui Costa pede desculpa à equipa depois do segundo lugar na 11ª etapa do Giro

Logótipo de O Jogo O Jogo 17/05/2017 Hugo M. Monteiro

Ciclista português esteve perto da vitória, que foi arrecadada pelo espanhol Omar Fraile.

Rui Costa obteve esta quarta-feira o segundo lugar na 11ª etapa da Volta a Itália, sendo apenas superado pelo espanhol Omar Fraile. Através do Facebook, o ciclista português reagiu à classificação, pedindo desculpa à sua equipa, a UAE Team Emirates.

© EPA/Claudio Peri

"Segundo lugar. Estive tão perto. Obrigado equipa, obrigado amigos e desculpem, mas não consegui mais. Vocês mereciam a vitória", escreveu Rui Costa naquela rede social.

"Eu estava bem, a equipa sabia que a fuga ia chegar ao fim. Tivemos de trabalhar para eu poder estar nela, o que não foi fácil, provocou-me algum desgaste", atirou o português no final da tirada, em declarações à Eurosport.

Rui Costa, que foi segundo num restrito sprint final no final da tirada de 161 quilómetros, que ligou Florença e Bagno di Romagna, explicou que esse desgaste teve consequências nas pernas "no final da etapa".

"Paguei um pouco essa fatura no final. Já ia muito desgastado e já não tive muitas pernas para o sprint", acrescentou o ciclista de 30 anos, que se escapou do grupo perseguidor a 29 quilómetros da meta para se juntar ao vencedor da tirada.

facebookhttps://www.facebook.com/RuiAlbertoFariaCosta/photos/a.211647708886387.62760.189266674457824/1518262221558256/?type=3

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon