Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Rui Machado fala de um jogo "perfeito"

Sportinveste 29/04/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia
Rui Machado fala de um jogo "perfeito" © Sportinveste Multimédia Rui Machado fala de um jogo "perfeito"

Tenista português venceu por um duplo 6-0 o 32º jogador mundial e reconhece que tudo lhe saiu bem.

O tenista português Rui Machado mostrou-se satisfeito com a vitória por duplo 6-0 no Portugal Open, que não mais irá esquecer, num encontro em que reconheceu ter-lhe saído "tudo perfeito" com o russo Dmitry Tursunov.

"Saiu tudo perfeito. Vai ser uma memória que não vou esquecer de certeza", afirmou Rui Machado em conferência de imprensa, depois de bater o quinto cabeça de série do quadro e 32º do ranking ATP em dois sets, por concludentes 6-0 e 6-0, uma "bicicleta" na gíria tenística.

O português admitiu que não estava à espera deste resultado e reconheceu que, despindo a pele de jogador, ficaria surpreendido."Se fosse adepto, ficaria surpreendido, mas não por ser o 243 [do Mundo], porque o 243 já foi 59", valorizou.

Para Rui Machado, o russo "nunca se encontrou" ao longo da partida e, provavelmente, hoje foi "um dia em que não estava motivado". "Estava à espera que o meu adversário se encontrasse mais cómodo a servir. Estava à espera que o meu adversário também mudasse de direções mais vezes e de forma agressiva, mas também falhou", disse.

No entanto, Rui Machado reconheceu qualidades ao seu adversário. "Não quis de todo, se repararam, festejar os pontos para não acordar o leão", sustentou.

O português sabe que repetir o feito de hoje é "pouco provável", mas lembrou que ao longo da sua carreira já teve vários encontros em que conseguiu manter o seu "pico de concentração muito alto".

Rui Machado qualificou-se para a segunda ronda do 25º Portugal Open e vai encontrar o espanhol Daniel Gimeno-Traver, número 98 do Mundo e proveniente do qualifying. "O Daniel é um jogador que conheço bem, com um serviço muito forte e das melhores direitas do circuito. Tenho de planear-me taticamente para limitar essas armas dele", concluiu.

O 25º Portugal Open decorre até domingo no Complexo do Jamor, em Oeiras.

Fonte: OJOGO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon