Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Rui Vitória: as horas de sono e os engenheiros do tetra

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/05/2017 Pedro Costa
© Fornecido por O jogo

Rui Vitória revelou como tem vivido as horas que antecedem o jogo com o V. Guimarães e falou sobre os "muitos" responsáveis pela eventual conquista do tetracampeonato.

As horas de sono numa semana intensa: "Durmo sete ou oito horas por dia, deito-me e levanto-me sempre à mesma hora. As rotinas são as mesmas, tem sido tudo igual. Aliás, quando me começa a dar o sono vou logo para a cama... Ou seja, não mudei nada. Temos a noção do que temos pela frente, um adversário difícil, com características importantes, que teremos de as controlar. Mas creditamos no nosso valor, na nossa capacidade e nos nossos adeptos"

Os engenheiros do tetra: "Só gosto de falar das coisas depois de consumadas. Se isso se concretizar, falaremos. Mas posso desde já dizer que até podemos ter um departamento de muitos engenheiros, até porque há muita gente que foi importante para isso, se eventualmente acontecer"

Renovação e um projeto a longo prazo: "Vivo o dia a dia de forma intensa, com um sentimento de satisfação pelo nosso trabalho. Vejo-me a continuar aqui, e até sinto que daqui para a frente ainda podemos colocar mais o nosso cunho pessoal. Vivo apaixonado pelo clube, pela minha profissão, e não estou preocupado com a duração dos projetos. Só me interessa o dia a dia"

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon