Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Rui Vitória destaca momento do Rio Ave e ‘mantém’ Sporting na ‘corrida’ ao título na I Liga

Logótipo de LusaLusa 20/12/2016 Marco Oliva
MIGUEL A. LOPES/LUSA © LUSA / MIGUEL A. LOPES MIGUEL A. LOPES/LUSA

Lisboa, 20 dez (Lusa) - O treinador do Benfica destacou hoje o momento positivo do Rio Ave, que venceu os últimos quatro jogos da I Liga portuguesa de futebol, e recusou 'afastar' o Sporting da luta pelo título nacional.

Rui Vitória, que fazia a antevisão do encontro da 15.ª jornada, marcado para quarta-feira, lembrou que os vila-condenses encontraram "o rumo das vitórias" desde que Luís Castro substituiu Nuno Capucho no comando técnico.

"O Rio Ave, mesmo antes de o Luís entrar, já mostrava qualidade, mesmo com um ou outro resultado menos conseguido. Agora acertaram com o rumo das vitórias, vem de quatro vitórias seguidas, mas não muda em nada o nosso foco. Vai ser uma equipa difícil, porque tem qualidade e com jogadores estáveis no clube", afirmou, em conferência de imprensa.

Por outro lado, o técnico benfiquista não adiantou se Jonas vai ser titular, depois de ter voltado a competir no sábado, diante do Estoril-Praia.

"Não vou dizer, porque estaria a abrir o jogo sobre a equipa de amanhã [quarta-feira]. O Jonas está num lote de 20 convocados. Se está convocado, é porque está em condições de estar connosco", disse.

A derrota do Sporting, na ronda anterior, com o Sporting de Braga, deixou os 'leões' a oito pontos da liderança, mas, ainda assim, Rui Vitória não excluiu o rival da luta pelo título e considerou que "é prematuro fazer cenários".

"Não gosto de fazer balanços a meio de uma competição. Muitos balanços faz com que possamos cair e eu não quero que isso aconteça. Faltam jogar mais jornadas do que aquelas que já jogámos. É preferível andar à frente, mas é muito prematuro dizer que uma equipa está mais ou menos afastada. Preocupo-me exclusivamente com a nossa equipa", referiu.

O treinador das 'águias' comentou igualmente o sorteio dos quartos de final da Taça de Portugal, que hoje ditou a receção do Benfica ao Leixões, mas recusou abordar uma possível final com o Sporting.

"Queremos muito vencer, contra uma equipa que também tem o sonho de chegar ao Jamor. Nesta competição, temos de ter a máxima competitividade para levar este adversário de vencida. Falar das meias-finais e da final é faltar ao respeito ao Leixões. Primeiro há que ultrapassar o Leixões e, depois, em função do nosso jogo e dos outros, irei debruçar-me sobre isso", concluiu.

Benfica, líder com 35 pontos, e Rio Ave, sexto com 23, jogam na quarta-feira, a partir das 18:00, no Estádio da Luz, em Lisboa, num encontro que será dirigido pelo árbitro Rui Costa, da Associação de Futebol do Porto.

MYO // VR

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon