Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Rui Vitória elogia Bas Dost e não esquece Renato Sanches

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/04/2017 Hugo M. Monteiro

Treinador do Benfica enumerou as qualidades do ponta de lança do Sporting e utilizou o agora médio do Bayern de Munique como exemplo de integração de jovens jogadores no plantel principal encarnado.

Lateral-esquerdo do Sporting: "Não quero que saia que o Rui Vitória está preocupado com quem joga no lado esquerdo. Tem um avançado que marcou 48 ou 49 por cento dos golos da equipa no campeonato. Tem o Esgaio, o Jefferson e o Bruno César. Não vou estar agora aqui a dizer o que pode acontecer. Todos trabalhamos muito nessas análises e isto está tudo perfeitamente identificado".

Atenção redobrada com Bas Dost? "Primeiro, no Benfica, por natureza, não há marcação individual a qualquer jogador. Há sim atenções com todos os jogadores. O ponta de lança do Sporting é muito especial dentro da área, é muito forte, tem de se tomar atenção. Mas os meus jogadores já sabem o que vão fazer amanhã. Temos de adotar várias estratégias. Mais reforço, menos reforço... Isso já é outra questão".

© Filipe Amorim/Global Imagens

Declarações de Manuel Fernandes, que disse que o Benfica jogava como "equipa pequena": "O Manuel Fernandes foi um grande ponta de lança. Nada me desfoca e aos meus jogadores também não. Se calhar estava a lembrar-se do jogo de há dois anos. Todas as equipas querem estar onde nós estamos. Cada vez estamos mais unidos. Não sei o que vai dar até ao final da época, mas esta união, esta coesão, está cá presente sempre que vamos trabalhar. A energia que tenho é para dedicar a tudo aquilo que quero".

Integração de jovens no plantel principal do Benfica: "Já disse há algum tempo atrás, há uns meses, que o Benfica tem um futuro brilhante. Estão sempre no radar de análise permanente cerca de 30 jogadores. Dos juniores para cima, os jogadores podem entrar na equipa principal. No ano passado, o Renato [Sanches] entrou com idade de júnior. O Pedro Pereira trabalha connosco com idade de júnior. O José Gomes já jogou pela equipa principal. Este lote de 30 e poucos jogadores vai evoluindo, que está sobre a minha observação. O Benfica tem o futuro garantido. Se muitos deles tiverem mentalidade, terão oportunidades e jogarão neste estádio".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon