Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Rui Vitória: "Não vejo as coisas pelas idades, vejo pela qualidade"

Logótipo de O Jogo O Jogo 18/08/2017 Alcides Freire
© Pedro Correia/Global Imagens

Questionado sobre a elevada média de idade do último onze do Benfica, Rui Vitória mostra-se mais preocupado em apresentar uma equipa inicial que "ofereça garantias".

Média de idades do onze elevada: "Eu não vejo as coisas dessa forma, vejo as coisas pela qualidade. Na maioria das equipas que compuseram os onzes das épocas anteriores havia jogadores jovens. Agora foram estes os jogadores que poderiam dar mais resposta, por isso foram para o onze. Nem sempre os que começam são os que acabam. Uma equipa tem vida própria, evolução... Daqui a uns tempos, se calhar, estamos a falar de juventude na equipa. Temos um conjunto de jogadores experimentados, isso sem dúvida, jogadores jovens com talento e um conjunto de jogadores que trabalha muito bem. Quase todos os jogadores estão prontos para jogar. Estes jogadores estão com uma forma de estar que me orgulha, aos benfiquistas também e estão todos prontos para jogar".

Opções no banco: "Quem vai para o banco tem a minha inteira confiança. O João Carvalho e o Diogo Gonçalves têm enorme potencial e são tão válidos como outro qualquer. Só precisamos de achar que o momento é o correto".

Arranque em alta de Seferovic: "Surpreendido não fico, mas é um destaque, de facto. Já o conhecíamos e entendíamos que é um jogador que poderia ter esse rendimento. Há de haver momentos em que isso não vai acontecer, mas não estou surpreendido, ainda bem que [Seferovic] é um destaque".

Declarações de Domingos Paciência, treinador do Belenenses: "Sobre o Domingos... Não há qualquer treinador que diga que é fácil ganhar ao Benfica na Luz, o que ele quis dizer, com certeza, foi que a responsabilidade está toda do lado do Benfica. Já tivemos treinadores que vêm aqui discutir olhos nos olhos, há equipas que disseram que são do mesmo campeonato que nós... Havia várias opiniões no ano passado. O que nos importa é a nossa equipa, o que temos de fazer para ganhar, não é o discurso que vem de fora. Se assim fosse, desgastava-me com coisas que não valiam a pena".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon