Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Rui Vitória reforça confiança em Svilar e entende os “riscos” da aposta

Logótipo de LusaLusa 21/10/2017 Marco Oliva
MANUEL DE ALMEIDA/LUSA © LUSA / MANUEL DE ALMEIDA MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Lisboa, 21 out (Lusa) - O treinador do Benfica reforçou hoje a confiança no guarda-redes da equipa principal de futebol Mile Svilar e recusou que haja tratamento diferenciado em relação a Bruno Varela, que perdeu a titularidade após um lance infeliz no Bessa.

"O Svilar é o guarda-redes que nos dá o que queremos neste contexto de jogo. Tem uma grande leitura de jogo, capacidade de tirar profundidade ao adversário e é rápido a decidir nos lances de um contra um. Mais erro menos erro, é o jogador que nos dá o que queremos", afirmou Rui Vitória, em conferência de imprensa.

O técnico, que fazia a antevisão do encontro de domingo com o Desportivo das Aves, da nona jornada da I Liga, respondeu a sete perguntas durante a conferência de imprensa, três das quais relativas à baliza, que vai continuar a ser defendida pelo jovem de 18 anos, apesar do erro que ditou a derrota diante do Manchester United, na quarta-feira (1-0), na Liga dos Campeões.

"O Svilar vai errar mais vezes, é um jovem, tem muita qualidade e potencial, mas vai crescer muito e vai ser um guarda-redes de grande nível. Tem as características que queremos. As tomadas de decisão são minhas. Escolho o guarda-redes que entendo e quando entendo", defendeu.

Rui Vitória admitiu estar consciente de alguns "riscos" que possa correr ao apostar num guarda-redes com pouca experiência, mas recorreu a alguns exemplos de jovens atletas que foram por si lançados nas ‘águias’.

"É a questão do copo meio cheio ou meio vazio. Se temos jogadores menos novos, é preciso injetar sangue novo. Se temos os mais jovens a jogar, é preciso ter mais experiência. O Nélson Semedo foi lançado no meu primeiro jogo oficial pelo Benfica, na Supertaça. O Ederson foi num Sporting-Benfica, um jogo dificílimo em Alvalade, que ganhámos 1-0, o Renato Sanches jogou aqui [na Luz] um minuto com a Académica e depois foi titular em Astana, na Liga dos Campeões. Quando coloco um jogador a jogar, já maturei a ideia, escolhi e entendi que é o momento indicado, mesmo correndo riscos", frisou.

Por outro lado, o treinador benfiquista não deixou de responder a Sérgio Conceição, depois de o técnico do FC Porto ter referido nas entrelinhas que Svilar tinha sido protegido pela comunicação social após o erro com o Manchester United, ao contrário do guardião portista José Sá.

"Nas outras casas não sei por que se muda. Se é por conversas, pelo mais novo ou mais velho, por e-mails ou telemóveis, não sei. Não sei o que se passa nas outras casas. Nós mudámos por algumas variáveis. Os outros, não sei", disse.

Rui Vitória perspetivou um Desportivo das Aves "determinado e aguerrido", à imagem do novo técnico Lito Vidigal, o qual referiu que os avenses tinham apenas "2% de probabilidade de vencer o Benfica".

"Quando há mudanças de treinador, há algumas modificações no rendimento das equipas e dos jogadores. Vamos encontrar uma equipa difícil. As equipas do Lito são sempre determinadas e aguerridas. O Lito diz que tem 2% de probabilidade, mas, no íntimo, sabe que não é assim e que isso é conversa para nós ouvirmos e pensarmos que será fácil. Não vai ser fácil e vamos ter de trabalhar muito", antecipou.

Confrontado com a falta de golos de Seferovic, Rui Vitória recorreu a palavras de Cristiano Ronaldo para exemplificar o momento do internacional suíço e mostrou-se confiante na retoma do avançado, que não marcou qualquer golo nos últimos cinco encontros em que foi utilizado.

"É muito difícil um avançado manter a regularidade e golos num ano inteiro. Como disse uma vez o Cristiano, os golos são como o ‘ketchup’. É um processo normal nas equipas. O Seferovic vai voltar a marcar outra vez", concluiu.

O Benfica, terceiro classificado com 17 pontos, e Desportivo das Aves, 16.º com seis, jogam no domingo, a partir das 18:00, na Vila das Aves, num encontro que será dirigido pelo árbitro Nuno Almeida, da Associação de Futebol do Algarve.

MYO // RPM

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon