Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Ryan Lochte pensou em suicidar-se depois do Rio'2016

Logótipo de O Jogo O Jogo 07/06/2017 O Jogo

Nadador 12 vezes medalhado olímpico inventou um assalto à mão armada durante os Jogos Olímpicos

Protagonista de um escândalo nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, ao ter inventado ter sido vítima de um assalto, Ryan Lochte confessou agora que chegou a pensar no suicídio, em entrevista à ESPN.

O norte-americano, que tem 12 medalhas olímpicas no currículo, está suspenso pela USA Swimming até dia 30 de junho.

© DR

"Depois do Rio, provavelmente fui a pessoa mais odiada do mundo. Houve uma série de momentos em que chorava e pensava 'se me deito nunca mais acordo'", disse o nadador, acrescentando depois que "estava à beira de acabar com a vida".

Durante o castigo, Lochte competiu numa prova por grupos de idade, fora da organização da entidade norte-americana, adiantando que vai tentar fazer parte da equipa olímpica que estará em Tóquio'2020, altura em que terá 36 anos.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon