Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Ryanair diz que compra da Air Berlim pela Lufthansa cria monopólio

Logótipo de O Jogo O Jogo 30/08/2017 Administrator

A companhia aérea irlandesa Ryanair quer impedir que a empresa alemã Lufthansa adquira a Air Berlin, que declarou insolvência, considerando que isso pode criar um monopólio na Alemanha.

O presidente executivo da Ryanair, Michael O'Leary, afirmou hoje em Berlim que pediu às autoridades europeias e alemãs que impeçam a fusão entre a Lufthansa e a Air Berlin.

"Não vamos apresentar nenhuma oferta neste jogo fraudulento", disse O'Leary numa conferência de imprensa na capital alemã, acrescentando que a Ryanair só fará uma proposta pela Air Berlin quando a concorrência estiver garantida.

A Air Berlin declarou-se insolvente a 15 de agosto e já várias companhias aéreas manifestaram o seu interesse em comprar a empresa, como a Ryanair, a Lufthansa, a Condor e a TUIfly.

Para o presidente executivo da Ryanair, a fusão entre a Lufthansa e a Air Berlin vai criar um monopólio, ao permitir que a Lufthansa possa controlar 95% do mercado nacional alemão, quando agora detém 60%, e significa um aumento dos preços.

O'Leary criticou também a ajuda financeira pública de 150 milhões de euros à Air Berlin, considerando que, ao permitir pagar as comissões de aluguer de aviões à Lufthansa, a injeção feita pelo Estado representa uma "ajuda direta" à empresa.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon