Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Sérgio Conceição diz que não gosta de festas e não esquece Pinto da Costa

Logótipo de O Jogo O Jogo 30/07/2017 Hugo Monteiro
© Miguel Pereira/Global Imagens

O treinador do FC Porto admitiu alguma dificuldade em lidar com o ambiente festivo no dia de apresentação dos azuis e brancos, mas voltou a lembrar os pais e deixou uma palavra ao presidente do clube, ainda hospitalizado.

Sérgio Conceição mostrou-se satisfeito com a goleada imposta ao Corunha, por 4-0, mas, após o apito final, admitiu não se sentir à vontade em ambientes festivos. No entanto, num discurso emocionado, voltou a referir os pais e dedicou algumas palavras a Pinto da Costa, ainda hospitalizado.

"No início foi difícil, porque não gosto de festas. Eu percebo, mas não gosto muito deste tipo de eventos. A festa fazem os adeptos depois do nosso trabalho em campo. Voltar ao Dragão depois de sair em 2004 com o título de campeão nacional, pisar um relvado, estar numa casa que me criou, foi algo que me emocionou um pouco. Vou dedicar o título aos meus pais, em maio, chegar aqui como treinador principal é fabuloso. O grupo também se lembrou do nosso presidente [Pinto da Costa], do nosso líder, que nos deu a grandeza que agora temos. Lembrei-me dele, que me deu a oportunidade de trabalhar aqui, acho que merece esta palavra. Mas não gosto de estar emocionado porque perco o meu foco. Gosto da competição, do jogo", afirmou o treinador do FC Porto, na entrevista rápida que se seguiu ao encontro.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon