Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Síria: Aliança árabe-curda recupera cidade velha de Raqa aos 'jihadistas'

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/09/2017 Administrator

A aliança árabe-curda apoiada por Washington recuperou hoje ao grupo Estado Islâmico a cidade velha de Raqa, aproximando-se da área mais fortificada pelos 'jihadistas', anunciou um porta-voz à agência France-Presse.

As Forças Democráticas Sírias (FDS) entraram a 06 de junho no principal feudo do Estado Islâmico (EI) na Síria e afastaram os 'jihadistas' de mais de 60% da cidade, que estava sob o seu controlo desde 2014.

A batalha pela cidade velha iniciou-se há dois meses.

"Assumimos hoje o controlo da totalidade da cidade velha após combates contra o EI", afirmou Talal Sello, porta-voz das FDS.

"Estamos às portas do perímetro de segurança do EI no centro da cidade, onde se encontram os principais quartéis-generais" da organização extremista, adiantou.

O centro da cidade integra o centro histórico e o bairro administrativo, onde se encontram a antiga sede do governo regional e os edifícios dos serviços de informações. Este bairro, onde os 'jihadistas' se barricaram, está bastante bem defendido.

Sello não quis adiantar quando é que as FDS poderão apoderar-se da totalidade de Raqa, afirmando que as operações estão a desenrolar-se de acordo com o "plano previsto".

A violência dos combates fez temer pela condição dos civis bloqueados na cidade, considerando a organização de defesa dos direitos humanos Amnistia Internacional que estavam presos num "labirinto mortal".

A ONU calcula em até 25.000 o número de civis ainda na cidade, enquanto dezenas de milhares de outros fugiram, enfrentando os atiradores furtivos do EI e as minas.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon