Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Síria: Combates nas província síria de Hama fazem pelo menos 56 mortos

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/09/2017 Administrator

Pelo menos 56 pessoas morreram em combates, registados desde terça-feira, entre grupos islâmicos e forças governamentais sírias no norte da província de Hama, disse hoje o Observatório para os Direitos Humanos na Síria.

A organização não governamental, com sede em Londres, detalha que 34 mortos integravam a Organização para a Libertação do Levante (aliança de grupos ligados à Al Qaeda na Síria) e ainda o Exército Islâmico Turco e Exército de Aza.

Os restantes 22 mortos faziam parte das forças governamentais de Damasco.

As organizações islâmicas armadas lançaram na quarta-feira uma ofensiva em Hama e Idleb na tentativa de recuperarem as posições que perderam nos últimos meses.

Segundo o observatório, a aviação de combate fez 270 raides nas regiões de Hama e Idleb, nos últimos dias.

Na sexta-feira passada, os participantes da conferência de Astana, sobre a guerra na Síria, em que participam a Rússia, a Turquia e o Irão, concordaram em estabelecer zonas tampão em Idleb e no norte de Hama para "controlar a violência" nas duas províncias.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon