Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Síria: General norte-americano admite reforço dos ataques e da vigilância sobre Raqa

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/07/2017 Administrator

O comandante supremo dos EUA no Iraque disse hoje que a coligação internacional pode intensificar os ataques e fornecer apoio de vigilância aérea no combate pela conquista de Raqa, na Síria, ao grupo 'jihadista' Estado Islâmico (EI).

Após a derrota e a retirada do EI da cidade iraquiana de Mossul, o general Stephen Townsend revelou a jornalistas no Pentágono que não está a detetar um significativo reforço do esforço dos EUA e da coligação em Raqa, mas disse que o combate para o controlo dessa cidade constitui a atual prioridade.

Townsend disse que as forças iraquianas ainda necessitam de tempo para expulsar ou eliminar os últimos combatentes do EI em Mossul.

Acrescentou ainda que as forças iraquianas vão provavelmente efetuar uma pausa para se reorganizarem e descansarem antes de desencadearem a sua ofensiva contra o EI em Tal Afar e outros bastiões insurgentes que subsistem no oeste do Iraque.

Na segunda-feira os líderes iraquianos declararam a vitória sobre o EI em Mossul.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon