Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Só o capitão sabe o que é ganhar no Jamor

Sportinveste 18/05/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia
Luisão fez questão de assumir a cem por cento as suas funções de capitão frente ao Sevilha, chamand ...: Só o capitão sabe o que é ganhar no Jamor © Sportinveste Multimédia Só o capitão sabe o que é ganhar no Jamor

Luisão fez questão de assumir a cem por cento as suas funções de capitão frente ao Sevilha, chamando a si a responsabilidade de marcar a grande penalidade que podia manter o Benfica na corrida pela conquista da Liga Europa, e é peça importante de Jorge Jesus para a final de hoje. Pela sua experiência e capacidade de liderar a equipa a reagir à desilusão de perder a segunda competição da UEFA, mas também porque é o único no plantel encarnado que já sabe o que é levantar a Taça de Portugal, sendo também o jogador benfiquista que conta com mais títulos no seu currículo (16).

Contratado em 2003/04 ao Cruzeiro, o internacional brasileiro venceu no final dessa época a sua única Taça de Portugal pelas águias, apesar de o Benfica já ter disputado a final da prova por mais duas ocasiões; em 2004/05, ano em que Giovanni Trapattoni conduziu o clube ao título, e em 2012/13, perdendo ante V. Setúbal e V. Guimarães, respetivamente. Agora, marca presença na sua quarta final, procurando recuperar o sucesso do ano de estreia, algo que oito jogadores sob as ordens de Jesus procuram (Oblak, Steven Vitória, Siqueira, Sílvio, Fejsa, Markovic, Sulejmani e Djuricic), pois é a sua primeira final da prova.

Tendo vencido uma Taça de Portugal e duas Taças do Brasil, em 2000 e 2003, Luisão é também o único entre as águias que já venceu este troféu em mais do que um país - apenas mais cinco jogadores conseguiram o feito de vencer uma Taça. Fejsa, segundo atleta mais titulado do clube da Luz, com dez provas conquistadas, venceu duas Taças da Grécia, ao serviço do Olympiacos, ao passo que Artur venceu uma Taça do Brasil, pelo Cruzeiro. Garay e Sílvio venceram uma Taça do Rei, com a camisola de Real Madrid e Atlético de Madrid, respetivamente, enquanto Sulejmani fê-lo na Holanda, em 2009/10, pelo seu anterior clube, o Ajax.

Fonte: O Jogo

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon