Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Só vitória deixa FC Porto mais perto do objetivo - Nuno Espírito Santo

Logótipo de LusaLusa 01/11/2016 Joana Carvalho
ESTELA SILVA/LUSA © LUSA / ESTELA SILVA ESTELA SILVA/LUSA

Porto, 01 nov (Lusa) - O treinador do FC Porto disse hoje que não perspetiva qualquer outro cenário além da vitória frente ao Brugge, na quarta-feira, para a Liga dos Campeões de futebol, frisando que essa é a única forma de ficar mais próximo do objetivo.

Na conferência de imprensa de antevisão do encontro da quarta jornada do grupo B da competição, Nuno Espírito Santo perspetivou que esta "será mais uma partida complicada", mas disse que a equipa está preparada e focada na vitória.

"Este vai ser um jogo como todos os jogos da Liga dos Campeões. Uma vitória deixa-nos muito próximos do que pretendemos, que é passar à fase seguinte. Vencer esta partida significa estar mais próximo do que queremos. Esse é o único cenário que queremos", reforçou.

No último jogo antes do 'clássico' com o Benfica para o campeonato nacional, Nuno Espírito Santo afirmou que a mentalidade dos seus jogadores está unicamente voltada para o jogo com o Brugge.

"Seria um erro pensar mais além do que o jogo de amanhã. O nosso foco está no jogo de amanhã", admitiu ainda.

Em relação à prestação do FC Porto na fase de grupos da Liga dos Campeões, o treinador referiu que não começou da melhor maneira, mas frisou que "o grupo ainda está na luta".

"Nunca desvalorizámos o grupo. Sabíamos que estavam presentes três campeões dos respetivos países. Não começámos como queríamos, mas a vitória em Brugge foi determinante para nós. Mas esta não é a altura de fazer contas, mas sim de conquistar os três pontos. Estamos na luta", frisou.

O defesa Felipe disse que o FC Porto será favorito, uma vez que "é mais forte quando joga em casa", no entanto, mostrou-se ciente das dificuldades que a equipa vai encontrar, recordando o jogo da primeira volta com a equipa belga.

"Em casa somos muito fortes. Pensamos em vitória. Mas não podemos pensar que vai ser fácil. Em Brugge tivemos uma desatenção, mas conseguimos reagir. Nunca nos entregámos e lutámos até ao último segundo. Aqui em casa isso não deverá acontecer, porque aprendemos a lição", esclareceu ainda.

O FC Porto recebe esta quarta-feira, às 19:45, o Brugge no Estádio do Dragão, em jogo do grupo G da fase de grupos da Liga dos Campeões, que será dirigido pelo espanhol Alberto Undiano Mallenco

JYA/JPYG // VR

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon