Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Saída de Jorge Simão não alterou estratégia do Desportivo de Chaves para o Dragão

Logótipo de LusaLusa 18/12/2016 Suraia Claudia Ferreira
JOSÉ COELHO/LUSA © LUSA / JOSÉ COELHO JOSÉ COELHO/LUSA

Chaves, Vila Real, 18 set (Lusa) – O treinador interino do Desportivo de Chaves, Carlos Pires, afirmou que a saída de Jorge Simão não alterou a estratégia para a visita ao FC Porto, na segunda-feira, para a 14.ª jornada da I Liga de futebol.

“As nossas expetativas são fazer um bom jogo no [Estádio do] Dragão, seremos competentes, não mudando em nada o que temos sido até agora”, disse o técnico, na antevisão ao encontro frente aos ‘azuis e brancos’.

O técnico Jorge Simão, que chegou ao emblema ‘azul-grená’ no início desta temporada, deixou esta semana o seu comando técnico para assumir o do Sporting de Braga, sucedendo a José Peseiro.

“O Jorge Simão é um ciclo que já se encerrou, agora abre-se um outro ciclo, estando a equipa com pensamento positivo, não alteramos em nada”, frisou.

Caracterizando-o como uma “pessoa excelente e grande treinador”, Carlos Pires salientou que todo o grupo lhe deseja muita sorte neste seu novo ciclo e espera fazer um bom resultado na casa do FC Porto para lhe agradecer o seu trabalho.

O técnico dos transmontanos realçou que todos os resultados são positivos, apesar de os ‘dragões’ terem uma grande equipa.

“O FC Porto vem de uma boa fase, mas nós também. Os jogadores estão motivados e vão dar-nos uma alegria em campo”, adiantou. E acrescentou: “tudo é possível. Já ganhámos cá [para a Taça de Portugal] e podemos ganhar lá”.

Já o ‘capitão’ do Desportivo de Chaves, Nélson Lenho, considerou que os portistas são “superfavoritos”, sendo muito complicado jogar no seu terreno, rejeitando impossíveis.

“Ainda bem que é com o FC Porto, vamos estar superconcentrados e dar uma boa imagem do que é o Chaves”, ressalvou.

Sobre a saída de Jorge Simão, Nélson Lenho salientou que uma mudança altera sempre as coisas, mas a equipa está focada, dedicada e concentrada nos objetivos traçados para a nova época.

A ajuda dos sócios foi um dos aspetos apontados pelo jogador para o sucesso da equipa, por isso, pede-lhes que continuem a segui-la.

O Desportivo de Chaves, sétimo classificado com 19 pontos, visita o FC Porto, segundo com 31, na segunda-feira, a partir das 20:00, sob arbitragem de Vasco Santos, da associação do Porto.

SYF // JP

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon