Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Sagrada Família evacuada, polícia de Barcelona inspeciona carrinha estacionada na zona

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/09/2017 Administrator

A basílica da Sagrada Família, em Barcelona, foi hoje evacuada, informaram equipas anti-explosivos da polícia catalã que estão a inspecionar uma furgoneta estacionada nas imediações, numa área vedada com a indicação de operação antiterrorista em curso.

Os Mossos d'Esquadra publicaram na rede social Twitter a seguinte mensagem: "No âmbito da operação antiterrorista, estamos a inspecionar a área em torno da Sagrada Família. Vedámos a zona. Sigam as indicações dos agentes".

A polícia catalã evacuou não só a Sagrada Família como também os estabelecimentos comerciais próximos "para garantir o trabalho policial", razão pela qual cortaram igualmente a circulação nas ruas Provença, Roselló e Sardenya, recomendando aos cidadãos que procurem um itinerário alternativo.

Na rua Mallorca, não se pode circular no troço que passa à Sagrada Família, e a algumas zonas só têm acesso os residentes.

Muitas pessoas perguntam aos polícias postados nas ruas o que se passa, sem obter resposta, mas, apesar da curiosidade de transeuntes e moradores, reina a calma na zona.

Também as linhas 2 e 5 do metro de Barcelona não estão a efetuar paragem na estação da Sagrada Familia, informou num 'tweet' o Serviço de Emergências do Governo regional da Catalunha (Generalitat) que recomenda uma rota alternativa para quem quiser ir para a zona.

Devido à atuação policial, as esplanadas e o comércio da área muito frequentada por turistas ficaram desertos e instalou-se o silêncio.

Dá-se a circunstância de, durante todo o dia de hoje, ter havido engarrafamentos e longas filas na C-33 por causa de um controlo antiterrorista dos Mossos d'Esquadra.

No entanto, os controlos não faziam parte de qualquer dispositivo especial, mas dos procedimentos previstos no nível 4 de alerta terrorista, segundo fontes próximas do corpo policial.

A cidade de Barcelona e uma estância balnear próxima, Cambrils, foram palco de atentados terroristas -- reivindicados pelo grupo 'jihadista' Estado Islâmico - que fizeram 16 mortos e mais de uma centena de feridos em agosto.

Espanha mantém o alerta de segurança antiterrorista um nível abaixo do máximo desde meados de 2015.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon