Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Salvio no onze para mudar a história

Sportinveste 16/04/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia
Salvio no onze para mudar a história © Sportinveste Multimédia Salvio no onze para mudar a história

Com duas assistências e um golo nos dois últimos jogos como titular, o senhor das Taças procura hoje ser decisivo, pela primeira vez contra o FC Porto.

É em altíssima rotação e fresco como uma alface que Salvio vai atrás de um registo que até agora não conseguiu alcançar: ser decisivo num jogo contra o FC Porto, isto é, fazer uma assistência ou um golo, algo que, por exemplo, contra o rival de Alvalade é bem mais normal - em seis dérbis, dois golos e outro oferecido. E o cenário dificilmente poderia ser mais propício, ou não tivesse o internacional argentino feito um par de passes de morte no seu último encontro como titular (receção ao AZ Alkmaar) e ainda oferecido ele próprio a vitória na Holanda, contra o mesmo adversário. Pelo meio, descansou contra o Arouca, para hoje poder voltar ao onze no posto de Markovic.

Até agora, El Toto cumpriu meia dúzia de clássicos contra os dragões (sempre como titular), sendo dois deles precisamente na Taça de Portugal e os outros quatro para o campeonato. Na prova que hoje volta a motivar um clássico na Luz, Salvio apresenta um saldo dividido, com uma vitória no Dragão (2-0, em 2010/11) e uma derrota (1-0), no mesmo palco, precisamente no jogo da primeira mão destas meias-finais. De resto, a única vez que o camisola 18 venceu os azuis e brancos foi mesmo na época da sua primeira passagem no Benfica, sendo que essas meias-finais também acabariam com apuramento do FC Porto (vitória por 3-1 na Luz), num embate em que Salvio não participou.

Hoje, o extremo deixará então marcada a sua estreia em clássicos com o FC Porto no Estádio da Luz a contar para a Taça de Portugal, estando Jorge Jesus a contar com a rotação do ala para tentar inverter o resultado (1-0) da primeira mão. É que, desde que voltou de lesão, o argentino tem sido uma espécie de senhor das Taças, vincando cinco das suas sete titularidades em confrontos da Liga Europa (4) ou da Taça de Portugal (1, no Dragão). O Benfica precisa de pelo menos um golo para empatar a eliminatória e Salvio tentará por certo ser uma seta apontada à baliza de Fabiano. Contra o jogador encarnado, porém, está o facto de há mais de um ano não faturar na Taça de Portugal. O seu último golo nesta competição foi já a 17 de janeiro do ano passado, quando as águias golearam a Académica (4-0), em Coimbra, em partida relativa aos quartos de final.

Hoje, certamente com muitos olhos em si postos - especialmente os do Zenit -, Salvio tentará ajudar a manter a águia viva em quatro frentes.

Fonte: O JOGO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon