Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

SATA Air Açores com atrasos no fim de semana após avião ser atingido por um raio

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/10/2017 Administrator

A operação da SATA teve que ser reprogramada, podendo ocorrer atrasos durante o fim de semana, na sequência de um raio ter atingido uma aeronave na sexta-feira, o que obrigou à sua reparação, segundo porta-voz do grupo. "Foram reprogramados alguns voos, vão ser verificados alguns atrasos, porque obviamente a falta de uma aeronave cria sempre alguns constrangimentos ao nível dos horários previamente estipulados, mas os passageiros vão ser todos distribuídos ...

A operação da SATA teve que ser reprogramada, podendo ocorrer atrasos durante o fim de semana, na sequência de um raio ter atingido uma aeronave na sexta-feira, o que obrigou à sua reparação, segundo porta-voz do grupo.

"Foram reprogramados alguns voos, vão ser verificados alguns atrasos, porque obviamente a falta de uma aeronave cria sempre alguns constrangimentos ao nível dos horários previamente estipulados, mas os passageiros vão ser todos distribuídos por outros voos e chegar aos seus destinos ainda hoje", afirmou à Lusa António Portugal.

O porta-voz da SATA adiantou que um voo da Sata Air Açores, com origem nas Flores e destino Ponta Delgada, foi atingido na sexta-feira ao fim da tarde por um raio, tendo continuado a viagem para Ponta Delgada "sem qualquer problema no voo".

Segundo António Portugal, o Q200 da Sata Air Açores "chegou normalmente" ao aeroporto de Ponta Delgada e "até iria sair para fazer o voo subsequente" tendo sido detetadas "pequenas fissuras" antes de levantar voo.

"Na verificação que é normal fazer em todos os voos antes da partida, pelos nossos técnicos de manutenção, foi verificado que o raio tinha danificado levemente a estrutura traseira da aeronave. Está a ser sujeita neste momento a alguns trabalhos de manutenção para reparação destes pequenos danos provocados pelo raio", explicou.

António Portugal adianta que o voo trazia a bordo trinta passageiros da Ilha das Flores para a Ilha de São Miguel e garante que estas "são situações normais numa época como esta" e que os passageiros não deverão ter sentido a descarga elétrica.

"As aeronaves estão preparadas para descargas elétricas e não houve qualquer interrupção de sistemas elétricos, absolutamente nada. Não se aperceberam [os passageiros] embora com estas condições de tempo a viagem seja sempre feita com alguma turbulência", sublinhou.

A aeronave "está neste momento a ser intervencionada" e por isso a operação da Sata Air Açores teve de sofrer algumas alterações "de horário e de rota", sendo que todos os passageiros estão a ser informados.

Neste momento, garantiu, não estão previstos cancelamentos.

Para além deste Q200, António Portugal admite que existe outro Q200 que está "em trabalhos de manutenção de rotina" e um Q400 que "está a ser intervencionado" depois de uma aterragem de emergência na semana passada, nas Lajes da Terceira, devido a fumo no "cockpit", que não causou feridos.

A Sata Air Açores conta ter operacional o Q200 atingido esta sexta-feira por um raio na próxima segunda-feira.

.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon