Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Seca: Apoios à produção animal "vieram muito tarde" -- CAP

Logótipo de O Jogo O Jogo 16/10/2017 Administrator

As medidas anunciadas para apoiar a alimentação dos animais em regiões do país afetadas pela seca extrema, como é o caso do Alentejo, "vieram muito tarde", disse hoje, na Lourinhã, o presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP).

"As medidas de apoio à alimentação e água para animais vieram muito tarde", afirmou à agência Lusa Eduardo Oliveira, à margem de uma reunião do conselho consultivo regional da CAP na Lourinhã, distrito de Lisboa.

Para o presidente da CAP, as medidas foram decididas "em pleno verão e deviam ter sido tomadas ainda antes da primavera começar, para que tivessem bom resultado na altura em que podiam ser aproveitadas e não foram".

Entre as medidas tardias está, exemplificou, a autorização de pastoreio em zonas de pousio, a antecipação de ajudas comunitárias, que, chegadas em outubro, ajudam a tesouraria das explorações", mas quando estas já "estão em crise há três ou quatro meses", logo que começaram a adquirir alimentação para os animais.

Também a autorização para a abertura de furos de água chegou "fora de tempo" face à "burocracia sem pés, nem cabeça".

O dirigente alertou também que os apoios do Programa de Desenvolvimento Rural 2020 "não estão à disposição dos agricultores em tempo oportuno".

As dificuldades estendem-se também aos produtores de batata, para os quais foi anunciada, em julho, uma linha de crédito de três milhões de euros destinada a apoiar o armazenamento de produção resultante das alterações climáticas e do consequente excesso de produção, com as batatas portuguesas a concorrerem nos mercados com batatas do norte da Europa, o que não acontecia.

Contudo, três meses depois, "não há contratos a serem assinados ou, se estão a sê-lo, pelo menos o dinheiro ainda não está a chegar aos agricultores", alertou o presidente da CAP.

Para a CAP, mais do que aprovar medidas, é necessário criar condições para que, "com celeridade", as ajudas possam chegar a quem precisa.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon