Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Secretário de Estado dos EUA na Tailândia para convencer Banguecoque a isolar Pyongyang

Logótipo de O Jogo O Jogo 08/08/2017 Administrator

Rex Tillerson viajou hoje para a Tailândia, uma estreia para um secretário de Estado norte-americano desde o golpe de Estado de 2014, para tentar convencer Banguecoque a isolar Pyongyang, cortando as suas atividades económicas no reino.

Os Estados Unidos estão preocupados com a existência de um crescente número de empresas norte-coreanas dedicadas à exportação e importação que utilizam Banguecoque como centro regional, mudando frequentemente as suas designações, explicou aos jornalistas um diplomata que viaja com Tillerson, citado pela agência noticiosa France Presse (AFP).

Aliado tradicional de Washington, a Tailândia é um dos raros países do sudeste asiático que acolhe uma embaixada da Coreia do Norte e mantêm relações comerciais importantes com Pyongyang.

Os Estados Unidos querem persuadir os militares tailandeses a encerrar essas empresas para fechar esse canal comercial utilizado até ao momento sem restrições pela Coreia do Norte, acrescentou o diplomata.

Outra forma de apertar o cerco a Pyongyang prende-se com os vistos, com Washington a pedir à Tailândia para endurecer a política de concessão de vistos para os norte-coreanos.

Tal não deve preocupar os refugiados norte-coreanos, muitos fogem pela Tailândia para a Coreia do Sul, insistiu o diplomata que não foi identificado, citado pela AFP.

Tillerson deve reunir-se com o chefe da junta militar, o general Prayut Chan-O-Cha, bem como com o novo rei, Maha Vajiralongkorn, numa audiência rara.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon