Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Secretário regional dos Transportes dos Açores pediu dispensa das funções

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/07/2017 Administrator

O secretário regional dos Transportes e Obras Públicas dos Açores e cabeça de lista independente do PS à Câmara de Ponta Delgada nas próximas eleições autárquicas, Vítor Fraga, anunciou hoje que pediu dispensa das funções.

"A cerca de dois meses e meio das eleições, quero tornar público que solicitei ao senhor presidente do Governo que me dispensasse das minhas funções de secretário regional dos Transportes e Obras Públicas", afirmou Vítor Fraga, numa conferência na sede do PS/Açores, em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel.

Vítor Fraga disse que, na sequência do que articulou com o presidente do executivo açoriano, Vasco Cordeiro, mantém-se em funções "até à tomada de posse do novo secretário regional, a qual, nos termos estatutários, deve ocorrer perante a Assembleia Legislativa da Região".

O secretário regional adiantou que "ao longo dos últimos meses" nunca confundiu as funções de membro do executivo açoriano com as de candidato a presidente da Câmara de Ponta Delgada, declarando-se, por isso, de "consciência tranquila".

"A minha decisão de deixar as funções governativas está relacionada com aquela que entendo ser a necessidade de abraçar os projetos com a dedicação que cada um deles merece", referiu.

A este propósito frisou: "Não quero que surja qualquer dúvida, nem quanto ao meu compromisso com o projeto que lidero, nem quanto ao cuidado, atenção e empenho que, tal como tenho assegurado até hoje, são essenciais para garantir o desempenho de um cargo executivo".

"Após cerca de cinco anos em que, como membro do Governo dos Açores, ajudei a promover o desenvolvimento das nossas empresas e da nossa região, ajudei a economia a criar emprego e onde estive diretamente envolvido no processo que levou ao maior crescimento turístico de sempre de todo o arquipélago, chegou agora o momento de me focar exclusivamente no objetivo de tornar o concelho de Ponta Delgada na referência que merece ser, não só na região, mas também no país e na Europa", continuou.

Considerando ser o momento de se dedicar por inteiro a Ponta Delgada, o secretário regional referiu-se ainda a todos os que com ele colaboraram nas funções governativas, deixando a última palavra para "o amigo" e "presidente Vasco Cordeiro", agradecendo a confiança e apoio, e convicto de que "muito em breve" trabalharão de novo juntos.

Questionado se na eventualidade de não ganhar as eleições autárquicas se assume o lugar de vereador, o cabeça de lista garantiu que vai assumir o seu lugar de presidente da Câmara de Ponta Delgada.

Com 47 anos, Vítor Fraga, licenciado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, começou a vida profissional no setor privado, no qual se manteve até abril de 2012. Nesta data assumiu funções de administrador da transportadora aérea açoriana SATA, onde ficou seis meses, até ser chamado para o Governo Regional.

Em novembro de 2012, tomou posse como secretário regional do Turismo e Transportes e liderou o processo do novo modelo de acessibilidades aéreas à região, o que permitiu a entrada de companhias aéreas de baixo custo no arquipélago.

No passado mês de novembro, assumiu as pastas dos Transportes e Obras Públicas no segundo Governo presidido por Vasco Cordeiro.

A Câmara de Ponta Delgada é liderada pelo PSD, com cinco mandatos, enquanto o PS tem quatro eleitos.

Às eleições autárquicas de 01 de outubro são também candidatos o atual presidente, José Manuel Bolieiro (PSD), o empresário Rui Matos (PPM), o professor Rui Teixeira (CDU), José Azevedo (Livre), o arquiteto Kol de Carvalho (BE) e Pedro Neves (PAN).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon