Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Seminário Internacional do Folio Educa vai passar a ter tradução em língua gestual

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/10/2017 Administrator

O Seminário Internacional do Folio Educa, que no fim de semana reunirá especialistas de oito países, em Óbidos, no âmbito do Folio, para discutir as revoluções na educação, vai passar a ser, na próxima edição, traduzido em língua gestual.

"Temos cada vez mais oradores de língua estrangeira e já temos tradução simultânea, mas queremos tornar o seminário mais inclusivo e abranger mais pessoas, através da tradução em língua gestual, que vamos passar a ter na próxima edição", disse hoje à agência Lusa a curadora do Folio Educa, Maria José Vitorino.

O Folio Educa, capítulo do Festival Literário Internacional de Óbidos dedicado à educação, tem este fim de semana como ponto forte da programação o 3.º Seminário Internacional que contará com intervenções de nove oradores de sete países do mundo, além das participações portuguesas.

Entre os oradores estão Donatella Lombello, (Itália), Sandie Mourão e Kathy Lemaire (Reino Unido) Luís Rozas (França), Juan José Arranz Martín (Espanha), Mempo Giardinelli e Natália Porta (Argentina), Eija Liisa Sokka-Meaney (Finlândia) e Katy Manck (Estados Unidos).

A rebeldia nas línguas e na literatura ou a forma como a leitura pode "revolver o mundo" são alguns dos motes lançados aos participantes na sessão em que "se pretende construir pensamento" em torno, "não da escola, mas da educação", com atenção particular a projetos alternativos e ao papel das bibliotecas escolares, exemplificou Maria José Vitorino.

Três 'workshops' sobre escritas, leituras e bibliotecas, dois filmes comentados, desafios de leitura, visitas a exposições e às mesas de autores do Folio são outras das iniciativas do seminário que, no sábado e no domingo, representa 15 horas de formação creditada para professores.

O seminário, cujas inscrições (250) se encontram esgotadas, será encerrado pelo secretário de Estado da Educação, João Costa, que, no domingo de manhã, participa também num debate sobre "Educação -- que horizontes".

Sob o tema "Revoluções Revoltas e Rebeldias" o Folio, que na quinta-feira abriu portas em Óbidos, desenvolve-se em cinco capítulos - Autores, Folia, Educa, Ilustra e Folio Mais.

Vinte e nove mesas de autores, dez exposições, 15 conversas e um seminário internacional marcam o programa da terceira e mais internacional edição do festival, que se prologa até ao dia 29.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon