Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Sempre me trataram como um filho, mas no Benfica não foi assim"

Logótipo de O Jogo O Jogo 22/10/2017 Francisco Sebe

Adel Taarabt reencontrou-se com o bom futebol no Génova e recorda a passagem pelo Benfica com alguma mágoa.

© EPA/Fabio Murru

Adel Taarabt renasceu para o futebol no Génova e, esta época, leva um golo marcado em nove jogos disputados. No entanto, enquanto esteve no Benfica, as coisas não lhe correram de feição. Bem pelo contrário e, por isso, o internacional marroquino lembra com alguma mágoa a passagem pelo clube da Luz, com quem ainda tem contrato.

"Quando era miúdo, os treinadores sempre me trataram como um filho, mas no Benfica não foi assim. Cheguei a Génova em baixo de forma e, quando falei com o treinador Juric, percebi que, se fizesse bem as coisas, poderia começar de novo. Ele [o treinador do Génova] mudou a minha vida e perdi 11 quilos", contou Taarabt, em entrevista à Gazzetta dello Sport, antes de deixar um grande elogio ao internacional português Miguel Veloso, companheiro de equipa na formação italiana:

"Miguel Veloso é um grande exemplo, está sempre pronto a ajudar os outros. É como um irmão", acrescentou o jogador de 28 anos, antes de traçar o objetivo para esta época. "Quero voltar ao topo. Pensei que não ia voltar a fazê-lo, mas agora sei que posso voltar a jogar bem e a ganhar com o Génova. Quero um cântico dos adeptos", gracejou Taarabt.

O melhor do MSN em qualquer dispositivo


AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon