Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Serviços de Inspeção apreendem duas toneladas de açúcar impróprio na província de Maputo

Logótipo de O Jogo O Jogo 14/08/2017 Administrator

A Inspeção Nacional das Atividades Económicas (INAE) de Moçambique apreendeu duas mil toneladas de açúcar impróprio para consumo humano nos últimos 15 dias, na província de Maputo, sul do país.

Falando hoje em conferência de imprensa, a porta-voz do INAE, Virgínia Muianga, disse que o produto é parte de cinco mil toneladas de açúcar que aquela entidade confiscou devido à falta de selo e rotulagem.

"Do total de açúcar apreendido, duas toneladas são impróprias para consumo e as restantes três mil toneladas ainda estão a ser analisadas em laboratório", afirmou Virgínia Muianga.

Muianga acrescentou que a maior parte do produto foi confiscado no mercado informal, havendo uma porção que foi apreendida em estabelecimentos comerciais.

A porta-voz do INAE apontou o contrabando como a provável origem do açúcar apreendido.

Nas últimas duas semanas, prosseguiu Virgínia Muianga, o INAE fiscalizou 500 estabelecimentos comerciais em todo o país, tendo aplicado multas a oito, no valor de 120 mil meticais (1600 euros).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon