Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Setúbal promove boas práticas ambientais com a iniciativa 'Selo Verde'

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/07/2017 Administrator

A Câmara de Setúbal vai atribuir um 'Selo Verde' a empresas, escolas e instituições do concelho que promovam boas práticas ambientais, anunciou hoje a autarquia em comunicado.

Aquele certificado de qualidade é atribuído em parceria com a ENA - Agência de Energia e Ambiente da Arrábida, sendo o seu principal objetivo "incutir boas práticas ambientais nos hábitos quotidianos, contribuindo para um melhor desempenho ecológico, ao nível coletivo e individual e, consequentemente, para o desenvolvimento sustentável", lê-se no comunicado.

O 'Selo Verde' está ao alcance, de forma gratuita, de escolas, empresas, juntas de freguesia e movimentos associativos do concelho de Setúbal, pretendendo assim a promoção da qualidade ambiental e ainda o "reconhecimento municipal de entidades que já procederam à sua qualificação e certificação ambiental", menciona a Câmara Municipal de Setúbal.

"O reconhecimento de práticas e ações que promovam a qualidade ambiental, nomeadamente quanto à gestão eficiente de resíduos, da energia, da água, da mobilidade e consumo sustentáveis e, sobretudo, na redução das emissões de dióxido de carbono", são questões que não são deixadas de fora desta iniciativa.

Este projeto insere-se no Plano de Ação para a Energia Sustentável de Setúbal, depois de o município ter aderido ao Pacto de Autarcas.

As candidaturas ao 'Selo Verde' estão abertas até ao final de setembro.

Aos candidatos são feitas duas auditorias de cariz energético e ambiental para identificação de medidas de boas práticas e são-lhes atribuídos pontos pelo cumprimento de vários critérios ambientais previamente diagnosticados, que dará origem a uma "avaliação final".

Os concorrentes recebem um certificado de participação, sendo o 'Selo Verde' atribuído a quem complete o ciclo de desenvolvimento do projeto e alcance, no mínimo, 50 pontos.

Às juntas de freguesia e escolas que participem serão atribuídos, em dinheiro ou em espécies, 3.000 e 1.500 euros, respetivamente.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon