Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Sete concertos no festival Goethe-Garden mostram jazz europeu em Lisboa

Logótipo de O Jogo O Jogo 05/07/2017 Administrator

A criatividade do atual jazz europeu é convocada, a partir de hoje, no festival Jazz im Goethe-Garten (JiGG), em Lisboa, com nomes como Earnear, Liquid Trio, Roots Magic e Weird Beard, no Instituto Goethe.

Com direção artística de Rui Neves - programador também do Jazz em Agosto -, o festival Jazz im Goethe-Garten cumprirá a 13.ª edição entre hoje e 14 de julho, com concertos no jardim daquele instituto alemão.

No total, estão programados concertos de grupos de sete países europeus: Alemanha, Áustria, Espanha, Itália, Portugal, Suíça e Turquia e que, explica Rui Neves na nota de imprensa, fazem parte do momento de "grande criatividade no jazz" que se produz na Europa.

A primeira semana do festival contará com três trios: Earnear (hoje), dos portugueses João Camões, Rodrigo Prinheiro e Miguel Mira, Liquid Trio (quinta-feira), do pianista espanhol Agustí Fernández, e a formação austríaca Namby Pamby Boy (sexta-feira).

Na segunda semana, o palco do Jazz im Goethe-Garten receberá, a 10 de julho, "um dos raros duetos de clarinete baixo da atualidade", oriundo de Amesterdão, com o músico turco Oguz Buyukberber e o alemão Tobias Klein, a 12 de julho, a formação italiana Roots Magic, assente na tradição blues, e, a 13 de julho, o quarteto austríaco Weird Beard, do saxofonista Florian Egli.

O festival encerra a 14 de julho com o quarteto alemão free jazz Rotozaza.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon