Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Sevilha não perdoa Vitolo: "Não tem palavra, faltou-nos ao respeito"

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/07/2017 João Cardoso

Clube espanhol acusa o jogador de não ter palavra

Vitolo pagou a própria cláusula de rescisão e assinou pelo Atlético de Madrid, num negócio que deixou o Sevilha furioso. O presidente Nido Carrasco assume a desilusão pela atitude do jogador e garante que o clube irá até "às últimas consequências" para fazer valer os seus direitos.

"O clube vai exercer os seus direitos, vai estudar toda a documentação disponível e vai levar a cabo todas as ações que forem possíveis para defender a sua identidade. O Sevilha chegou a acordo com os representantes do jogador. O contrato não foi assinado, mas há um documento que comprova o acordo. Defenderemos os nossos interesses até onde for necessário", começou por dizer, citado pela imprensa espanhola.

Nido Carrasco revelou a renovação com o jogador, mas tal não veio a acontecer. Com a saída de Vitolo do Sevilha confirmada, o presidente explica o que falhou para o anúncio de um acordo que ainda não estava feito.

© MARCIAL GUILLEN

"Não me arrependo de ter anunciado a renovação. No fim de semana tive várias chamadas de Vitolo a pedir-me para resolver o seu problema, para aceitar a proposta do Atlético de Madrid. Disse sempre que seria impossível porque se tratava de uma falta de respeito. No final, chegámos à possibilidade de um acordo em que lhe pagaríamos quase o mesmo que o Atlético de Madrid. Perante a nossa proposta, Vitolo ficou totalmente satisfeito e pediu-me para o defender perante os adeptos. Depois, preparámos toda a documentação e o pai dele deu o ok. Só faltava a assinatura do jogador e ele disse-me que podia anunciar o acordo. Foi por isso que a anunciámos. Não me arrependo. Se não podes confiar na palavra de um jogador a quem dás tudo, não tens mais nada para fazer. Estamos indignados", rematou.

Por fim, Carrasco sublinha ainda que Vitolo "usou" o Sevilha para "sacar mais dinheiro ao Atlético de Madrid". "Não cumpriu com a sua palavra. Fizemos um esforço enorme e ele faltou-nos ao respeito", concluiu.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon