Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Sharapova volta a vencer em Estugarda

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/04/2017 Rui Trombinhas

A tenista russa Maria Sharapova, que está de regresso aos 'courts' após uma suspensão de 15 meses por doping, qualificou-se esta quinta-feira para os quartos de final do torneio de Estugarda, na Alemanha.

Sharapova, de 30 anos, superou a sua compatriota Ekaterina Makarova, 43.ª jogadora mundial, em dois 'sets' pelos parciais de 7-5 e 6-1, em uma hora e 21 minutos.

© RONALD WITTEK

Nos 'quartos', a ex-número 1 mundial e vencedora dos quatro torneios do 'Grand Slam' (Wimbledon em 2004, US Open em 2006, Austrália em 2008 e Roland Garros em 2012 e 2014), defronta a estónia Anett Kontaveit, 73.ª do ranking WTA, que afastou a espanhola Garbiñe Muguruza, sexta.

A russa somou o segundo triunfo em dois jogos, depois de na quarta-feira ter superado a italiana Roberta Vinci, 36.ª jogadora mundial, por 7-5 e 6-3, num embate em que foi muito acarinhada pelo público presente nas bancadas de Estugarda.

Sharapova foi suspensa por dois anos pela ITF, depois de um controlo positivo. O castigo viria a ser reduzido para 15 meses pelo Tribunal Arbitral do Desporto, que considerou que neste caso não havia dolo.

A russa utilizava há anos meldonium, uma substância que antes era permitida, mas que foi reclassificada pela Agência Mundial Antidopagem no início de 2016. Passou a proibida, quando se constatou a conexão entre o seu consumo e os resultados desportivos obtidos, em vários casos.

Vários desportistas russos não conferiram devidamente as alterações da listagem de substâncias proibidas em 2016 - foi assumidamente o caso da tenista, que continuou a consumir meldonium sem, alegadamente, saber que não era permitido.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon