Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Site francês diz que os melhores ultras portugueses são do Vitória

Logótipo de O Jogo O Jogo 25/04/2017 Alcides Freire
© Reprodução/Facebook

Entrevistado pelo Vice Sports, dirigente dos White Angels explicou que "é tão natural" ser adepto do Vitória como "amar" a cidade de Guimarães

Para variar, as claques do Benfica, FC Porto e Sporting passaram para segundo plano. O portal francêsn Vice Sports chegou à fala com Marco Talina, vice-presidente dos White Angels, e tentou perceber os motivos de tanta devoção pelo V. Guimarães. "Guimarães tem uma história. Esta é a primeira capital do país. Foi aqui que começou a construção do país. Tudo isto deu origem a um regionalismo secular que tem sido passado de geração em geração, de pai para filho. Costumamos dizer que somos vimaranenses primeiro e depois portugueses. Ser adepto do Vitoria é tão natural quanto o amor que sentimos pela história de Guimarães", explicou, numa extensa entrevista, o dirigente da claque dos minhotos.

Marco Talina explicou ainda que a maioria dos portugueses são pouco ligados aos clubes da terra, o que contrasta de forma radical com o que se verifica em Guimarães. "Os portugueses são apegados à sua terra, à sua cidade natal, mas quando se trata de futebol, essa dependência desaparece. No futebol, não existe uma cultura de pertença, apenas a das vitórias. Há também outros fatores sociais e económicos que ajudam a explicar esta falta de cultura local, mas, essencialmente, o português gosta de estar no lado vencedor", declarou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon