Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Slimani e Mahrez discutiram com presidente da federação argelina

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/09/2017 O Jogo

Jogadores do Leicester não gostaram de saber que não seriam convocados para o jogo com os Camarões

© REUTERS/Ed Sykes

Slimani, ex-jogador do Sporting, e Riyad Mahrez, que também representa o Leicester, não vão ser convocados para os próximos jogos da seleção da Argélia. O anúncio desta decisão foi feito por Kheireddine Zetchi, presidente da Federação de Futebol da Argélia.

"Confirmo que tive uma discussão com Mahrez e Slimani e agradeci o facto de eles me terem ligado. Prova que gostam da seleção e queriam entender por que não foram selecionados. Percebi que ambos ficaram desapontados", revelou Kheireddine Zetchi a um canal de televisão argelino.

Sem possibilidade de garantir o apuramento para o Mundial de 2018, a Argélia defronta os Camarões a 2 de outubro, na penúltima jornada do grupo B da zona de qualificação africana.

O presidente da federação argelina adiantou os motivos da opção do técnico espanhol Lucas Alcaraz, selecionador da Argélia, em não contar com os jogadores da equipa inglesa.

"Queríamos chamar alguns jovens e vê-los a trabalhar nos próximos jogos. Por isso, não achámos útil chamar Mahrez, Slimani e também Bentaleb. Não consigo entender o porquê da polémica de deixar estes jogadores de fora. Quero deixar claro que esta decisão não os afasta definitivamente da seleção", completou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon