Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Spartaka Moscovo arrisca castigo da UEFA por lançamento de 'very-light'

Logótipo de O Jogo O Jogo 14/09/2017 António Soares

A UEFA informou que o seu painel disciplinar irá julgar o caso no próximo dia 21 de setembro

. © Fornecido por O jogo .

O campeão russo Spartak Moscovo foi acusado pela UEFA esta quinta-feira, depois de um adepto ter lançado um 'very-light' que caiu muito perto do árbitro durante o jogo no terreno do Maribor, para a Liga dos Campeões.

Entre as opções da UEFA em matéria de penalização incluem-se a possibilidade de o estádio do Spartak ser encerrado parcial ou totalmente numa próxima partida da Liga dos Campeões, sendo que o jogo que se segue no Otkritie Arena, um dos palcos do Mundial'2018, será frente ao Liverpool, em 26 de setembro.

O 'very-light' foi lançado do setor do estádio onde se encontravam os adeptos do Spartak e caiu junto ao círculo central do relvado, a escassos metros do árbitro alemão Denis Aytekin, que dirigiu a partida que terminou com um empate 1-1.

A polícia eslovena revelou ter detido dois adeptos do Spartak ligados ao arremesso de artefactos pirotécnicos no Estádio Ljudski Vrt, sem especificar, contudo, se os mesmos foram os responsáveis pelo lançamento do 'very-light' que caiu perto do árbitro e que o forçou a interrupção da partida por um curto período de tempo.

A UEFA acusou também o clube ucraniano Shakhtar Donetsk pelo uso de 'very-light' pelos seus adeptos na partida disputada na Ucrânia frente ao Nápoles, que terminou com a vitória da formação comandada por Paulo Fonseca por 2-1, mas não abriu qualquer procedimento disciplinar, uma vez que nada foi mencionado nos relatórios oficiais do árbitro ou dos delegados.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon