Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Sporting coloca Bryan Ruiz à venda. E já definiu preço

Logótipo de O Jogo O Jogo 10/06/2017 Rui Trombinhas

O experiente dianteiro da Costa Rica tem mercado na América do Norte e na China. SAD otimista quanto a uma proposta satisfatóriaO experiente dianteiro da Costa Rica tem mercado na América do Norte e na China. SAD otimista quanto a uma proposta satisfatória

© Fornecido por O jogo

Bryan Ruiz continua a atuar fora de Alvalade e pela sua seleção em mais uma temporada desgastante, mas o futuro do capitão da Costa Rica na próxima estação pode seguir além do reino do leão. Tal como O JOGO informou em momento oportuno, a sociedade anónima verde e branca está aberta à possibilidade de negociar o dianteiro centro-americano, mas agora há um preço estabelecido para negociar: entre quatro e cinco milhões de euros.

A pretensão dos lisboetas assenta, igualmente, na argumentação económica dos mercados a que o esquerdino tem vindo a ser apontado, designadamente o norte-americano e o chinês, abrindo boas perspetivas de encaixe para os administradores da SAD leonina, que continuam a reconhecer no valoroso atleta um potencial interessante no mercado. Este potencial é suscetível de recuperar o investimento nele aplicado como, até, de o suplantar, abrindo uma margem de lucro. Importa recordar que no verão de 2015, após uma longa negociação, os lisboetas conseguiram assegurar os préstimos do experiente avançado ao desembolsarem um milhão de euros. Além disso, o capitão dos ticos configura um encargo anual de cerca de 2,4 milhões de euros brutos.

Depois de uma segunda temporada no Sporting francamente abaixo do nível exibido na primeira, Bryan Ruiz pondera o futuro aos 31 anos e, com contrato por apenas mais uma época, uma eventual saída de Alvalade ganha força no atual contexto. Um elemento bastante considerado por companheiros de equipa e corpo técnico, Bryan Ruiz tem uma já extensa folha de serviço no futebol europeu, ao qual chegou há onze anos, com passagens por Bélgica, Holanda e Inglaterra antes de chegar a Portugal. Contudo, as vicissitudes do mercado poderão apontar para outras direções.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon