Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Sporting não aceita "formas de condicionamento e intimidação" aos árbitros

Logótipo de O Jogo O Jogo 07/09/2017 Ana Proença

O Sporting juntou-se ao Benfica na condenação dos atos de vandalismo no prédio onde mora o árbitro Vasco Santos.

© Pedro Rocha / Global Imagens

Em comunicado, na tarde desta quinta-feira, o Sporting lamentou "os atos de vandalismo ocorridos no prédio em que reside o árbitro Vasco Santos".

O clube leonino recorda que se tem batido, "com resultados práticos obtidos", por "alterações no seio da arbitragem que ponham cobro aos condicionamentos a que estes agentes desportivos estavam sujeitos por via, por exemplo, da forma como eram avaliados, bem como pela introdução das novas tecnologias como ferramenta de promoção da verdade desportiva e de ajuda ao trabalho dos árbitros".

"O Sporting Clube de Portugal não pode por isso aceitar que, no plano externo, se exerçam formas de condicionamento e intimidação que visam exclusivamente prejudicar e influenciar o desempenho dos árbitros", escreve ainda o clube em comunicado.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon