Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Sporting oficializa regresso do voleibol 22 anos depois

Logótipo de LusaLusa 05/06/2017 Rita Moura

Lisboa, 05 jun (Lusa) – O voleibol está de regresso ao Sporting, 22 anos depois de o clube ter deixado de ter a modalidade, num projeto que contará com o internacional português Miguel Maia, ex-jogador do clube.

ANTÓNIO COTRIM/LUSA © LUSA / ANTÓNIO COTRIM ANTÓNIO COTRIM/LUSA

“O Sporting Clube de Portugal informa que, depois de 22 anos de ausência, o voleibol volta a ser modalidade oficial do Clube”, referem os ‘leões’ na sua página oficial, acrescentando que Miguel Maia “será o capitão de equipa” e o primeiro reforço.

O clube esclarece também que a equipa do Sporting “competirá na primeira divisão” já na próxima época, a de 2017/18.

“Com esta aposta no voleibol, o clube dá mais um passo seguro na sua caminhada para a glória, reforço do ecletismo e dignificação dos seus princípios e valores de que nunca abrirá mão”, diz ainda o Sporting.

No seu palmarés, os ‘leões’ contam com cinco títulos de campeão, o último dos quais conquistado em 1993/94, época em que Miguel Maia representava a equipa e um ano antes da direção ‘leonina’ decidir acabar com a competição.

Nos últimos anos, o voleibol português tem tido a Fonte Bastardo, Sporting de Espinho e Benfica como principais candidatos, em especial os ‘encarnados’, que venceram quatro dos últimos cinco campeonatos e passaram a ter sete títulos.

O clube português com mais títulos continua a ser, de longe, o Sporting de Espinho, com 18 conquistas, a última das quais em 2012.

Esta temporada, os ‘tigres’, que venceram a Taça de Portugal, perderam na final do campeonato com o Benfica, emblema que também venceu a Supertaça.

RPM // NF

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon