Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Sporting questiona imparcialidade do presidente do Conselho de Disciplina

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/04/2017 Rui Trombinhas

José Manuel Meirim, presidente do Conselho de Disciplina da FPF © Diana Quintela José Manuel Meirim, presidente do Conselho de Disciplina da FPF

Nuno Saraiva, diretor de comunicação dos leões, reagiu ao comunicado do Conselho de Disciplina

Na sequência das queixas apresentados pelo Sporting sobre factos decorrentes do clássico entre Benfica e FC Porto, entendeu o Conselho de Disciplina dar seguimento a umas e indeferir outras, aproveitando depois para pedir aos clubes que não transformem o órgão numa "espécie de vídeo-árbitro", sob pena de prejudicar o regular calendário de competições.

O Sporting já reagiu a este comunicado, focando atenções na pessoa do presidente do Conselho de Disciplina, José Manuel Meirim, estranhando que "nunca o professor Meirim veio a terreiro noutras ocasiões dar puxões públicos de orelhas a qualquer outra SAD que, legitimamente, exerceu o seu direito de queixa", o que confere legitimidade aos de Alvalade para "questionar a sua imparcialidade enquanto julgador." Os leões sublinham ainda que o CD não quer ser incomodado com pequenos delitos - "Numa analogia, certamente imperfeita, o que se defende é que sejamos tolerantes com o roubo de carteiras, porque a justiça só deve ocupar-se dos homicídios".

facebookhttps://www.facebook.com/DiretordecomunicacaoSportingClubedePortugal/posts/1966973040192416centro

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon