Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Sporting revela quanto pagou e recebeu em transferências e comissões

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/09/2017 Rui Trombinhas

Clube de Alvalade publicou tabela na edição desta quinta-feira do jornal "Sporting"

O Sporting gastou 28,3 milhões de euros em aquisições de jogadores para esta época, um valor a que se acrescentam ainda 5,15 milhões em comissões pagas pelos negócios de 14 jogadores: Salin, Mathieu, André Pinto, Piccini, Battaglia, Bruno Fernandes, Matheus Oliveira, Acuña, Demiral, Euclides Cabral, Echedey Verde, Filipe Ribeiro, Leonardo Ruiz e Pedro Mendes.

© ROBERT GHEMENT

O jogador mais caro foi Marcos Acuña, com um custo de 9,67 milhões de euros por 100% do passe, tendo o Sporting pago 800 mil euros de comissão a Marcelo Simonian, representante do jogador. Logo a seguir, na lista dos mais caros, está Bruno Fernandes, com um custo total de 9,35 milhões de euros, com 8,5 a serem referentes à compra de 100% do passe. No caso do médio português a comissão paga foi de 850 mil euros, à Position Number. Por André Pinto, central que chegou livre, o Sporting também pagou 800 mil euros de comissão, neste caso à PP Sports. Mathieu, também central e quem também chegou sem contrato, deu origem ao pagamento da comissão mais alta, de dois milhões de euros, paga à Team Spirit Football Consulting.

No que toca a empréstimos, o Sporting contabiliza cinco situações. Fábio Coentrão, Doumbia, Ristovski, Paulo Lucas Paula, Kenedy Có e Sphephelo Sithole. Pelos três jogadores da equipa principal os leões pagaram 2,6 milhões de euros, 1 milhão por Coentrão, 1,1 milhão por Ristovski e 500 mil euros por Doumbia. Nestes dois últimos casos, o Sporting tem opção de compra, estabelecida em 1,15 milhões de euros no caso do lateral, e 3 milhões, por 70% do passe, para o avançado.

No que toca a saídas, a que rendeu mais aos cofres de Alvalade foi a de Adrien Silva. O Sporting contabiliza 24,5 milhões de euros, que já inclui a "renúncia de direitos que se encontravam registados como passivos e passivos contingentes no valor de cerca de 4,5 milhões de euros." Os leões, que pagaram 1 milhão de euros de comissão à Soccer Club Properties, podem ainda receber 5 milhões, em bónus, e ficam com 15% de uma futura mais valia.

Rúben Semedo foi quem rendeu mais, depois do capitão, com a venda a ser registada por 14 milhões de euros. Os leões informam que pagaram 1,4 milhões de euros de comissão à Buttonpath, a mesma empresa que recebeu mais 530 mil euros pelas transferências de Paulo Oliveira para o Eibar e Marvin para o Watford que, em conjunto, renderam 6,5 milhões de euros.

O Sporting enumera a saída de 21 jogadores, alguns em fim de empréstimo, como foi o caso de Joel Campbell, com uma receita total de 51,8 milhões de euros. Nas vendas os leões pagaram 6,3 milhões em comissões.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon