Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Sporting vai ter "jogo difícil" contra Steaua Bucareste - Jesus

Logótipo de LusaLusa 22/08/2017 Pedro Figueiredo
ROBERT GHEMENT/EPA © EPA / ROBERT GHEMENT ROBERT GHEMENT/EPA

Redação, 22 ago (Lusa) – O treinador do Sporting, Jorge Jesus, admitiu hoje que a equipa vai ter “um jogo difícil” frente ao Steaua Bucareste, na segunda mão do ‘play-off’ de acesso à Liga dos Campeões de futebol, e realçou a importância de lá chegar.

“Pela experiência que temos, sabemos que vamos ter um jogo difícil, não temos dúvidas nenhumas disso. Em alguns momentos a equipa do Sporting vai ser apertada em termos defensivos. Isso para nós não é grande problema. O problema é termos a capacidade de ter uma organização defensiva para esses momentos. Por aquilo que temos feito até agora, tudo indica que sim”, disse, em conferência de imprensa de antevisão do jogo da segunda mão, na quarta-feira em Bucareste.

Afirmando que o Sporting “acredita piamente” que dispõe de “todas as capacidades e valor para passar a eliminatória”, depois do empate 0-0 em Lisboa, Jorge Jesus sublinhou que os ‘leões’ querem “muito amanhã passar a eliminatória”.

“Para nós a ‘champions’ é muito importante, não apenas do ponto de vista financeiro, mas também do ponto de vista de calendarização. Caindo para uma Liga Europa, que é uma competição também muito importante (...) iríamos jogar a uma quinta-feira, que não é a mesma coisa que jogar à terça-feira. Além de que a ‘champions’ é uma montra onde os jogadores se valorizam mais”, afirmou.

Questionado sobre a disponibilidade da Jeremy Mathieu para alinhar no ‘onze’ inicial, depois de ter saído lesionado no jogo da última jornada do campeonato nacional com o Vitória de Guimarães, o técnico do Sporting comentou ter “algumas dúvidas” em relação à recuperação de “vários jogadores”, incluindo do central francês.

Também presente na conferência de imprensa, o defesa Fábio Coentrão admitiu que está “aos poucos” a regressar à sua condição física plena, após a lesão que o afastou dos relvados enquanto jogador do Real Madrid.

“Toda a gente sabe que eu tive uma lesão complicada no Real Madrid, mas que felizmente recuperei bem, não sinto nada. Agora, tenho de ganhar condição física aos poucos, progredir de jogo para jogo. E sinto que de jogo para jogo estou melhor, quero continuar a progredir. Quero ajudar o Sporting a conquistar os seus objetivos e darei a vida por este clube, disso podem ter a certeza”, disse.

Quanto à possibilidade de o Sporting vencer a eliminatória, Fábio Coentrão comentou que as equipas presentes nas principais competições “já são mais fortes e organizadas”.

“O nosso objetivo – e não nos passa outra coisa pela cabeça – é ganhar a eliminatória, mas se isso não acontecer (...) o que temos de fazer é seguir as outras competições que nos restam”, afirmou.

Na primeira mão, em 15 de agosto, o Sporting não foi além de um empate sem golos. Os 'leões' procuram juntar-se ao Benfica e ao FC Porto, campeão e segundo classificado da I Liga na época passada, que se qualificaram diretamente.

A partida de quarta-feira será arbitrada pelo turco Cüneyt Çakir, que esteve pela única vez num jogo dos ‘leões’ também num ‘play-off’ da ‘Champions’, quando a equipa venceu em casa o CSKA Moscovo (2-1) em 2015/16, mas falharia o acesso à prova, ao perder fora por 3-1.

PGF // PA

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon