Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Surfista Frederico Morais perde com Mick Fanning e falha quartos de final em Peniche

Logótipo de LusaLusa 24/10/2017 António Correia
CARLOS BARROSO/LUSA © EPA / CARLOS BARROSO CARLOS BARROSO/LUSA

Peniche, Leiria, 26 out (Lusa) - O surfista português Frederico Morais falhou hoje o acesso aos quartos de final do Meo Rip Curl Pro Portugal, 10.ª e penúltima prova do circuito mundial, ao perder na quinta ronda com o australiano Mick Fanning.

Na praia de Supertubos, o surfista luso, que assim concluiu a prova no nono posto, esteve quase sempre atrás do resultado do campeão do mundo em 2007, 2009 e 2013, amealhando somente 10,00 pontos (5,17 e 4,83), insuficientes para destronar Mick Fanning, que somou 11,87 (8,50 e 3,37), confirmando assim a 'luta' mais esperada dos 'quartos', frente ao brasileiro Gabriel Medina.

Contudo, a boa notícia do dia para 'Kikas' foi a eliminação do 'rival' direto, o australiano Connor O'Leary, na corrida para o título de estreante do ano na elite mundial, que terminou no 13.º lugar, ao cair aos pés do havaiano Sebastian Zietz, surfista que assegurou um duelo entre os oito melhores em prova com o australiano Julian Wilson, sexto do 'ranking'.

Por sua vez, outro dos quatro resistentes do top-10 ainda a competir em Peniche, o norte-americano Kolohe Andino, confirmou o favoritismo e deu espetáculo, ao eliminar o italiano Leonardo Fioravanti. Pela frente, na próxima ronda, enfrentará um dos candidatos à vitória em Peniche, o havaiano John John Florence, que, caso repita a vitória em Peniche, pode revalidar o título.

O período de espera do Meo Rip Curl Pro Portugal decorre até 31 de outubro, na praia de Supertubos, em Peniche.

AYCO // VR

Lusa / Fim

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon