Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Svilar: "O maior talento da Bélgica dos últimos anos", assegura Stéphane Demol

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/08/2017 Hugo Monteiro

Stéphane Demol representou os azuis e brancos e está identificado com a realidade do futebol português. Em conversa com O JOGO, teceu rasgados elogios ao jovem guarda-redes, oficializado esta segunda-feira pelo Benfica.

© Reprodução/UEFA

O Anderlecht oficializou esta segunda-feira a saída de Mile Svilar para o Benfica. O clube da Luz e o guarda-redes belga concluíram o negócio que O JOGO acompanhou desde a primeira abordagem um dia depois de o jogador completar 18 anos.

Forte aposta das águias para o futuro, Svilar chega à Luz com grandes créditos, a ponto de Stéphane Demol, antigo central belga, que passou pelo FC Porto em 1989/90, frisar a O JOGO que este "é, entre os guarda-redes, seguramente o maior talento da Bélgica dos últimos anos". Confrontado, face à sua juventude, com o peso da resposta ao desafio, Svilar está, porém, apostado em afirmar-se rapidamente de águia ao peito, algo que acreditava ser possível estar já a alcançar no Anderlecht, e tem como exemplo a seguir um guarda-redes compatriota bem conhecido em Portugal, especialmente no Benfica: Michel Preud"homme.

Demol aponta precisamente o caso da antiga estrela belga para sublinhar que "nem sempre se pode olhar à idade". "O Preud"homme era terceira opção no Standard quando, por lesão dos outros dois guarda-redes, foi lançado a titular com apenas 18 anos e tornou-se uma figura. Ele e o Vítor Baía [começou a jogar aos 19 anos], de quem fui companheiro, eram jovens por provar e nunca mais saíram da baliza", atira, reforçando: "Pressão de um grande? Se calhar está pronto, só jogando se verá."

Anderlecht desaproveitou Svilar, conta Demol

Formado precisamente no Anderlecht, Demol reconhece que Svilar foi "um caso complicado" para os dirigentes do campeão belga, mas critica as decisões técnicas quanto ao dono da baliza. Apesar de ter visto prometida a titularidade, passou a terceira opção, atrás de Sels e Boeckx, algo que Demol contesta: "Não é pior do que os que estão à sua frente".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon