Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Talvez com Benzema teríamos sido campeões da Europa"

Logótipo de O Jogo O Jogo 02/06/2017 Hugo M. Monteiro
© EPA/LAVANDEIRA JR

Guy Roux, antigo treinador do Auxerre, teceu declarações polémicas e criticou a política de Deschamps, que afastou o avançado do Real Madrid da seleção.

A situação que envolve Karim Benzema e a Seleção francesa não tem fim à vista. O avançado do Real Madrid foi afastado do Euro'2016 por Didier Deschamps devido a um escândalo sexual, opção muito criticada por Guy Roux.

O antigo treinador do Auxerre, de 78 anos, acredita que a ausência de Benzema da Seleção francesa prende-se com motivos racistas. "Sou um homem do povo. Desde sempre que vou beber um copo a um bar em Auxerre duas vezes por semana. Oiço toda a gente dizer que somos racistas e é verdade. 70 por cento dos franceses não queriam Benzema fora do Europeu, mas essas sondagens não chegam aos bairros mais humildes", começou por dizer Roux, em declarações ao jornal Le Figaro.

"Vemos Benzema no Real Madrid há já oito anos e toda a gente concorda que é sensacional. Aqui, criticam-no por não cantar a Marselhesa. (...) Deschamps não é racista, mas é pragmático e sabia que se o chamasse, ia irritar "os de cima". Se calhar com Benzema teríamos sido campeões da Europa...", atirou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon