Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Tancos/Armas: CDS-PP critica "falta de informação" do Governo ao parlanento

Logótipo de O Jogo O Jogo 04/07/2017 Administrator

O deputado do CDS-PP João Rebelo classificou hoje como "muito negativo" que o Governo ainda não tenha dado informação oficial ao parlamento, "cinco dias depois" de ser conhecido o furto de material de guerra em Tancos.

"A comissão de Defesa ainda não recebeu nenhuma informação sobre o que se passou. Cinco dias depois, o parlamento ainda não recebeu informação oficial do Governo, registamos isto como muito negativo e há precedentes", criticou João Rebelo.

O deputado falava aos jornalistas no final da reunião da comissão de Defesa Nacional, que aprovou as audições do ministro da Defesa, Azeredo Lopes, e do chefe do Estado-Maior do Exército, Rovisco Duarte, para prestarem esclarecimentos sobre o furto de material de guerra nos Paióis de Tancos, Vila Nova da Barquinha, Santarém.

O deputado admitiu que o CDS-PP possa usar o direito potestativo de marcar uma audição ainda esta semana, se for necessário.

O que se passou em Tancos "é demasiadamente grave", considerou, afirmando que a "falta de informação ao parlamento" dá "uma impressão que este governo não está a dar a importância suficiente" ao assunto.

No final da reunião, o presidente da comissão, Marco António Costa, também criticou a "falta de informação ao parlamento", classificando como "bizarro" que, enquanto presidente da comissão, tenha sabido do roubo pela comunicação social.

O Exército divulgou quinta-feira passada o furto de material de guerra de dois paiolins dos Paióis Nacionais de Tancos, Santarém.

Na sexta-feira, o Exército acrescentou que entre o material de guerra roubado na quarta-feira dos Paióis Nacionais de Tancos estão "granadas foguete anticarro", granadas de gás lacrimogéneo e explosivos, mas não divulgou quantidades.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon