Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Tancos/Armas: Ministro diz que governo "fez o que devia ser feito" e anuncia três processos

Logótipo de O Jogo O Jogo 18/09/2017 Administrator

O ministro da Defesa sustentou hoje que o Governo "fez o que devia ser feito e num tempo muito curto" na sequência do furto no paiol de Tancos e revelou que foram abertos três processos disciplinares no Exército.

Numa intervenção no debate de atualidade em plenário da Assembleia da República, Azeredo Lopes não respondeu a perguntas dos deputados para que esclarecesse as suas afirmações numa entrevista na qual disse que "no limite, pode não ter havido furto", aludindo à ausência de provas.

"Em síntese, e sem prejuízo de críticas legítimas, o Governo fez o que devia ter feito e num tempo muito curto", disse, no final de uma intervenção em que revelou que o Exército abriu "três processos disciplinares" e que o esvaziamento dos paióis nacionais de Tancos começou no passado dia 14.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon