Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

TAS mantém irradiação de três antigos dirigentes do atletismo mundial

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/08/2017 Ana Proença

O Tribunal Arbitral do Desporto confirmou esta segunda-feira as irradiações de três antigos responsáveis da Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF), ao indeferir os recursos apresentados, em fevereiro passado, pelos envolvidos.

A IAAF anunciou em janeiro, as irradiações do senegalês Papa Massata Diack - filho do antigo presidente do organismo Lamine Diack -, e dos russos Valentin Balakhnichev e Alexei Melnikov.

© EPA/WILL OLIVER

Os três homens foram sancionados após uma recomendação da Comissão de Ética da IAAF, por implicação em atos de corrupção.

O presidente da IAAF, Sebastian Coe, já agradeceu a celeridade da decisão do TAS e considerou-a "uma mensagem clara de que qualquer um que queira corromper o atletismo será punido".

Há quase dois anos, a IAAF foi abalada por suspeitas de corrupção e irregularidades relacionadas com doping na sequência de um relatório divulgado pela Agência Mundial Antidopagem (AMA).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon