Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Taxa de desemprego estável em julho na zona euro e na UE - Eurostat

Logótipo de O Jogo O Jogo 31/08/2017 Administrator

A taxa de desemprego manteve-se estável em julho tanto na zona euro como na União Europeia, nos 9,1 e 7,7%, respetivamente, os mesmos valores de junho e os mais baixos desde fevereiro de 2009, anunciou hoje o Eurostat.

Em termos homólogos, a taxa de desemprego recuou na zona euro de 10,0% em julho de 2016 para 9,1% em julho de 2017, enquanto no conjunto da UE caiu no mês passado para os 7,7% face aos 8,5% registados no mesmo mês do ano passado, aponta o gabinete oficial de estatísticas da União Europeia.

Portugal registou em julho uma taxa de desemprego em linha com a média da zona euro, 9,1%, o mesmo valor de junho, mas bastante abaixo dos 10,9% registados em termos homólogos, em julho de 2016.

O Eurostat aponta que, em julho deste ano, as taxas de desemprego mais baixas foram registadas na República Checa (2,9%), na Alemanha (3,7%) e em Malta (4,1%), enquanto as mais elevadas foram observadas na Grécia (21,7%, valores de maio) e em Espanha (17,1%).

Na comparação homóloga, face a julho de 2016, a taxa de desemprego recuou em todos os Estados-membros sobre os quais há dados disponíveis para este período, com exceção da Finlândia, onde se manteve estável (8,8%).

O Eurostat estima que haja atualmente 18,9 milhões de desempregados na União Europeia, 14,8 milhões dos quais no espaço da moeda única, o que, em termos homólogos, representa menos 1,9 milhões de pessoas sem trabalho (menos 1,3 milhões na zona euro).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon