Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Taxa de juro e prestação média vencida dos créditos à habitação sobem em agosto

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/09/2017 Administrator

A taxa de juro dos contratos de crédito à habitação aumentou em agosto 0,5 pontos base (p.b.) face a julho, para os 1,014%, e a prestação média vencida subiu um euro, para 239 euros, divulgou hoje o INE.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), nos contratos celebrados nos últimos três meses a taxa de juro implícita subiu 1,5 p.b., passando de 1,681% em julho para 1,696% em agosto.

Para o destino de financiamento 'aquisição de habitação', o mais relevante no conjunto do crédito à habitação, a taxa de juro implícita para o total dos contratos foi de 1,035% em agosto, 0,6 p.b. acima do mês anterior (1,029%).

Nos contratos celebrados nos últimos três meses, a taxa de juro para este mesmo destino de financiamento passou de 1,673% em julho para 1,687% no mês seguinte.

Os dados do INE apontam que, entre julho e agosto, o valor médio da prestação vencida para a totalidade dos contratos subiu um euro, para 239 euros. Já para os contratos celebrados nos últimos três meses, o valor médio da prestação fixou-se nos 316 euros em agosto, mais 14 euros do que o observado no mês precedente.

Em agosto, o valor médio do capital em dívida apurado para a totalidade dos contratos foi 51.592 euros, menos 32 euros que no mês anterior.

Para o subconjunto dos contratos celebrados nos últimos três meses, a média do capital em dívida aumentou, entre julho e agosto, de 92 052 euros para 92 714 euros (subida de 662 euros).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon