Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Taxa de juro implícita no crédito à habitação baixa e prestação média mantém-se pelo 10.º mês

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/07/2017 Administrator

A taxa de juro implícita no crédito à habitação baixou 0,5 pontos base em junho, face a maio, fixando-se nos 1,07%, com a prestação média a manter-se nos 237 euros pelo décimo mês consecutivo, foi hoje divulgado.

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE), para o destino de financiamento Aquisição de Habitação, o mais relevante no conjunto do crédito à habitação, a taxa de juro implícita para o total dos contratos foi 1,027%, valor 0,3 pontos base inferior ao observado no mês anterior (1,030%), refere o INE.

O capital médio em dívida em junho, para a totalidade dos contratos, diminuiu três euros face ao mês anterior, para 51.532 euros.

Nos contratos celebrados nos últimos três meses, a taxa de juro implícita foi 1,766% em junho, aumentando 10,6 pontos base em relação ao mês anterior, com o valor médio da prestação a fixar-se nos 308 euros (289 euros no mês precedente) e o montante médio do capital em dívida a subir de 89.359 euros observados em maio para os 90.884 euros.

Nos contratos celebrados nos últimos três meses para o destino de financiamento Aquisição de Habitação, a taxa de juro passou de 1,624% em maio para 1,766% em junho.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon